O PT, não bastasse tolerar e fomentar o processo de corrupção que graça todos os setores de nosso país, vem agora, com uma nova ameaça.

Fazer do medo a sua arma e assim  permanecer no poder. Sequer os mais vís dos homens, tomariam tal atitude, notadamente quando os atingidos constituem o povo brasileiro a quem governam.

A esperança venceu o medo e este mote serviu para colocar no poder o PT. Agora para permanecer no poder este mesmo PT, não titubeia.

Levando o país a uma grave situação, qual seja, incompetência com o trato da coisa pública, ameaça de inflação alta e crescimento anão, ao invés de reconhecer tal fato e apresentar um novo programa de reformas, ele faz ameaças.

Ameaças de volta ao passado. Pergunto: qual passado?.

A ditadura militar. Impossível.

Pois se há um governo novo autocrático e autoritário, este é o do próprio  PT. Estamos a viver e conviver com o pior dos governos recentes, liderado pela Presidente Dilma, eleita pelo PT e que não consegue governar, pois todas as suas políticas estão ruindo, com exceção da bolsa família que ela classifica como política social e que é seu trunfo eleitoral e cujo trabalho não exige competência: é só assinar o cheque. Distribuir benesses.

O resto é uma incompetência total. Tal qual ROBINSON CRUSOÉ estamos isolados do resto do mundo  e exercendo uma política bilateral apenas com pequenos títeres sul americanos. Diplomacia zero, estamos lentamente perdendo o que já foi conquistado.

Como pertencer ao BRICS, se de todos eles estamos em último lugar. Sequer disto estamos nos aproveitando.

Só temos uma coisa: comoditties. E enquanto assimilável, elas renderão seus frutos e sustentarão a exportação. Até quando? Não sabemos.

O seu PROJETO PAC não conseguiu mais que 13% de realizações. Se alguma obras estão começando a andar é porque estão sendo feitas pela iniciativa privada, verdadeira privatização com o nome bonito de concessão feitas na ultima hora, diante da impotência de realizar as obras.

O fracasso da política econômica é outro peso. É unânime as críticas a esta política. Do Brasil e de todos os cantos do mundo há reparos. Só ela não percebe.

O PT tornou-se insensível. Fracassou. Enlameou a sua história. Afogou-se na corrupção do mensalão e agora da PETROBRÁS. Agora, o que fazer.

É o que estão começando a fazer. Reagir e da pior maneira possível.

Através da imposição do medo de um passado que não existe mais, matar a pouca esperança que nos resta.