Quando você toma conhecimento pela imprensa, de que os Bancos Estatais, notadamente CEF e BB dispendem mais de 6.000,000,00. Isto. Seis milhões de reais com ingressos da Copa do Mundo, fiquei mais uma vez atônito e perplexo.

Apesar do mensalão e outros escândalos republicanos do PT que nos tem assombrado, verificamos que ninguém mesmo, toma jeito. A cada dia, mesmo com estes fatos públicos, as coisas continuam como sempre.

Povo. Ora…. o povo. Que se danem. E o povo se dana. E o povo não reclama.

Até onde vamos ficar complacentes com estas atitudes. De onde se espera lisura, não há lisura. De onde se espera respeito para com o povo, não há respeito.

Vivemos mesmo na idade média da política. No cartorialismo. No patrimonialismo. Somos reféns de nós mesmo, vez que somos nós que elegemos nossos representantes.

Claro que precisa mudar. Estas atitudes nos reduz perante o mundo dito civilizado. Porque privilegiar alguns, quando a grande massa que deveria participar da grande festa sofre os maiores constrangimentos nas portas dos pontos de venda.

Não sei quantos ingressos se pode comprar com os valores referidos, mas sei, que este privilégio está, sendo pago por nós, vez que, são estatais.

Estamos há tempo engolindo sapos. Lamentável este desgoverno.

Temos de fazer alguma coisa. Devemos e precisamos refazer o nosso  país, isto, se sobrar alguma coisa. Tal qual a FENIX: ressurgir das cinzas.

Só de uma forma isto é possível: o voto. Portanto me assombra a desesperança.

E que se faça a COPA DOS VIPS.

E que Deus nos perdoe.